LinkedIn Portugal Murad WebMail Contato Portugal Vilela Almeida Behrens - Direito de Negócios +55 31 3506-8200
12. ago. 2016

Café da Manhã “Gestão do Relacionamento com Colaboradores em Empresas Familiares”

O café da manhã foi realizado em 12 de agosto de 2016, o Advogado Daniel Castro e a Psicóloga Beatriz Coutinho discutiram sobre a gestão do relacionamento com os colaboradores sob a perspectiva de três pilares: a auditoria de práticas trabalhistas, a revisão ou implementação de um código de condutas e o desenvolvimento de lideranças.

Daniel Castro iniciou os trabalhos trazendo para discussão a ineficiência da gestão do contencioso trabalhista que, por melhor que seja feita, com os melhores advogados, tende a gerar sempre mais prejuízo do que valor. Uma análise sistêmica, contemplando os custos com advogados e funcionários envolvidos no trabalho de separação de documentos, prepostos e testemunhas, mostra que o eventual ganho é apenas aparente. Nem se diga sobre a percepção de valor para o empresário réu da ação, para quem, em geral, qualquer perda é vista como absurda e qualquer ganho como nada mais do que a Justiça. Para ele, definitivamente, a sensação de um processo trabalhista é sempre ruim.

No âmbito da prevenção, portanto, que é o que efetivamente gera valor ao empresário, falou-se da necessidade de se dar atenção à qualidade das relações entre funcionários e equipes, bem como ao fluxo do processo de dispensa de um funcionário. A qualidade das relações que os funcionários mantém entre si é ponto chave para redução dos processos trabalhistas, bem como a forma como ele será tratado no momento de sua dispensa.

Portanto, para se chegar à excelência na relação com os colaboradores com redução do número de processos judiciais e aumento de produtividade, foram discutidos a auditoria de práticas trabalhistas e a implementação/revisão do código de condutas sob esses dois enfoques: a qualidade das relações dos funcionários e o fluxo do processo de dispensa.

Beatriz Coutinho prosseguiu falando do desenvolvimento de líderes, como indivíduos inseridos em determinado contexto e que devem ter, observadas as peculiaridades desse contexto, possibilidade de desenvolvimento de sua capacidade de liderança. Que tipo de estímulo deve ter um gestor para se tornar efetivamente um líder? Qual a necessidade de alinhamento entre a postura desse gestor e os valores estratégicos da empresa? Quais são as possibilidades oferecidas pela empresa ao seu funcionário para que ele se torne genuinamente um líder? Esses questionamentos foram tratados em meio ao compartilhamento de casos concretos e experiências de todas as empresas presentes, em ambiente de discussões propositivas e enriquecedoras.

Depoimentos:

“Ideia contextualizada, assuntos muito atuais, foco na prevenção de contenciosos trabalhistas através de metodologias de gestão estratégica”
Betânia Madureira – Núcleo de Nefrologia de Belo Horizonte Ltda.

“Ter a oportunidade de refletir e compartilhar sobre o nosso papel como pessoa e líder é sempre muito enriquecedor”
Helida Mendonça – Forno de Minas

“Foi tudo muito bom! Apresentações objetivas e com bastante conteúdo!”
Bárbara Costa – Patrus Transportes

“O encontro foi muito válido e trouxe maravilhosa reflexão sobre as dificuldades e possibilidades no contexto de uma empresa familiar.”
Olívia Ribeiro – Hospital da Baleia

“Tema abordado foi muito interessante! Assunto do dia a dia, dos desafios. Palestrantes bem esclarecidos, repassam com suavidade os temas.”
Kátia Soares – Luiza Barcelos Calçados

“Gostei bastante: rápido, com público restrito e com abertura para troca de experiências.”
Evandro Alvarenga – Sete Soluções e Tecnologia Ambiental

“O evento tratou de temas delicados com uma linguagem pacífica, leve e objetiva, em um ambiente acolhedor e profissional; uma junção de sucesso.”
Melissa Dias – Grupo BMG

Baixe o conteúdo desse evento (e-book)


Preencha o formulário abaixo para ter acesso ao conteúdo do evento.